Oficina de replicação da Estratégia Nacional para Promoção do Aleitamento Materno e Alimentação complementar saudável no Sistema Único de Saúde.

Realizou se no Município de Santana da Vargem, nos dias 13 e 14 de Setembro, a replicação da oficina para promoção da Estratégia de Aleitamento Materno e Alimentação complementar para os profissionais de saúde do PSF, médicos, enfermeiros , técnicos de enfermagem, dentistas, auxiliar de saúde bucal e agentes comunitários de saúde, realizada pela enfermeira especialista em Programa Saúde da Família, Andiara Priscila Caselato, que tornou tutora nessa Estratégia para capacitar os profissionais do Município e tornar esta prática possível em nossos serviços de saúde. com inutuito de ampliar os serviços e melhorar ainda mais a qualidade de nossos serviços em saúde, será integrado ao PSF a realização de consultas de pré natal em parceria e continuidade deste serviço no centro de saúde oferecendo as nossas gestantes maior suporte e apoio nessa fase especial de suas vidas.

A Estratégia Amamenta e Alimenta Brasil resultou da integração das ações da Rede Amamenta Brasil e da Estratégia Nacional de Promoção da Alimentação Complementar Saudável (Enpacs), que foram lançadas em 2008 e 2009, respectivamente, com a finalidade de promover a reflexão da prática da atenção à saúde de crianças de 0 a 2 anos de idade e a capacitação dos profissionais de saúde, por meio de atividades participativas, incentivando a troca de experiências e a construção do conhecimento a partir da realidade local. Até o final de 2012, as duas estratégias formaram mais de 4.500 tutores e envolveram mais de 38 mil profissionais da Atenção Básica em todo o Brasil.

O aleitamento materno subótimo e a alimentação complementar inadequada estão intimamente relacionados à morbimortalidade de crianças. Assim, torna-se de suma importância o investimento em ações que visem incentivar a promoção da alimentação saudável para crianças menores de 2 anos, promovendo o aumento da prevalência do aleitamento materno e a melhoria dos indicadores de alimentação e de nutrição em crianças nessa faixa etária.

Objetivos da Estratégia Amamenta e Alimenta Brasil:

Geral:

  • Qualificar as ações de promoção do aleitamento materno e da alimentação complementar saudável para crianças menores de 2 anos de idade;
  • Aprimorar as competências e habilidades dos profissionais de saúde para a promoção do aleitamento materno e da alimentação complementar como atividade de rotina das Unidades Básicas de Saúde (UBS).

Específicos:

  • Contribuir para a redução de práticas desestimuladoras da amamentação e da alimentação complementar saudável nas UBS, como a propaganda desenfreada de produtos que possam vir a interferir na alimentação saudável de crianças menores de 2 anos.
  • Contribuir para a formação de hábitos alimentares saudáveis desde a infância.
  • Contribuir para o aumento da prevalência de crianças amamentadas de forma exclusiva até os 6 meses de idade.
  • Contribuir para o aumento da prevalência de crianças amamentadas até os 2 anos de idade ou mais.
  • Contribuir para a diminuição da prevalência de crianças que recebem alimentos precocemente.
  • Contribuir para o aumento da prevalência de crianças que consomem frutas, verduras e legumes diariamente.
  • Contribuir para a diminuição de crianças que recebem alimentos não saudáveis e não recomendados antes dos 2 anos de idade.
  • Contribuir para a melhora no perfil nutricional das crianças, com a diminuição de deficiências nutricionais, de baixo peso e de excesso de peso.