SETEMBRO AMARELO – NASF/PSF realizam dia de conscientização sobre Prevenção ao Suicídio – Valorização da Vida, para alunos das Escolas Estaduais Padre João Neiva e Dona Augusta

No dia 12 de setembro, no Salão da Escola Municipal Doralice Mendonça Reis, ocorreram palestras com o tema “Prevenção ao Suicídio – Valorização da Vida”, ministradas pela psicóloga do NASF Juliana Costa de Rezende, com apoio das integrantes nutricionista Adalise e fisioterapeuta Hendra, seguidas de dinâmica realizada pelas enfermeiras Paula Figueiredo e Crystiane Imesi do PSF, com apoio da agente de saúde Letícia Neves. O público alvo foram alunos da Escola Estadual Padre João Neiva e Escola Estadual Dona Augusta.

             Hoje, o suicídio no Brasil já faz mais vítimas que a AIDS e mata mais do que vários tipos de câncer e, mesmo assim, muitas pessoas ainda não discutem o assunto e têm medo de encarar os fatores psicológicos que, muitas vezes, levam à morte.

O  problema de saúde pública que estamos encarando agora é causado, principalmente, pelo desconhecimento das pessoas sobre as causas do suicídio e os tratamentos para evitar que ele aconteça. 

Muitas vezes, familiares e amigos não reconhecem os sinais de que alguém querido vai tirar a própria vida. Aliás, muitas vezes, a própria vítima não entende que precisa de ajuda e acaba se afundando cada vez mais em uma solidão desesperadora. Por isso, é preciso falar sobre suicídio e discutir suas causas abertamente.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, 9 em cada 10 casos de suicídio poderiam ser prevenidos se a pessoa buscar ajuda e se tiver a atenção de quem está à sua volta.  É preciso perder o medo de  falar sobre o assunto. O caminho é quebrar tabus e compartilhar informações. Esclarecer, conscientizar, estimular o diálogo e abrir espaço para campanhas contribuem para tirar o assunto da invisibilidade e, assim, mudar essa realidade. Faça parte dessa causa, você pode salvar uma vida!