NASF realiza intervenção fisioterapêutica na Escola Municipal Doralice Mendonça Reis para evitar a sobrecarga de peso das mochilas dos alunos

No dia 27 de fevereiro no período da manhã e no dia 7 de março no período da tarde, ocorreu mais uma ação da equipe do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF), desta vez na Escola Municipal Doralice Mendonça Reis.

Comandada pela fisioterapeuta Hendra Naiara Bento, com auxílio de outras integrantes da equipe, nutricionista Adalise D. Vieira da Silveira, fonoaudióloga Gabriela Amâncio Abreu e psicóloga Juliana Costa de Rezende, foram realizadas  pesagens dos alunos e suas mochilas, e fizeram a classificação da adequação. Esta classificação foi encaminhada junto com orientações aos pais dos alunos em que as mochilas encontravam-se acima do peso ideal.

A mochila muito pesada leva a criança ou o adolescente a fazer mais esforço do que pode suportar. Isso acarreta postura incorreta e desvios posturais, como a escoliose e a hipercifose. A mochila não deve pesar mais que 10% que o peso corporal da criança ou do adolescente.